Inspo/Inspiração

I’m old(er) – Estou(+)velho

Depois dos 30 a vida é uma ladeira e você um bicicleta com freio gasto. Não lembro mais como cheguei aqui, cada vez mais perto dos 40, com dores nas costas e uma aparência física que ainda tento me acostumar. O metabolismo mais lento, a digestão comprometida. O colágeno abandonando a recinto. 

No meio desse caminho teve ou ainda tem uma pandemia. O ritmo diminui, a cabeça surtou, a barriguinha aumentou, os poucos planos se desfizeram, outras oportunidades surgiram… As viagens cessaram e as reflexões aumentaram. O tempo pra si, o espelho. 

Me desculpe você aí que acha envelhecer o máximo, acho bem maduro da sua parte. Mas honestamente, acho envelhecer um porre. Muito provavelmente herdei esse pavor da idade das mulheres da minha vida. Mãe e irmã! Mas também, acho que envelhecer na comunidade LGBTQ+ não é fácil. Uma parte grande da nossa cultura LGBTQ é muito ligado a estética e ideais de beleza, somos mil tribos em uma. Daddy, twink, urso, couro, etc. Somos a contracorrente redefinindo novos padrões ou quebrando todos padrões. Pra onde vão os sábios idosos LGBTQ+? Mistério! São rotas ainda pouco exploradas. 

A cada ano que passa me sinto velho mesmo. O que eu vejo como positivo é a compreensão de si mesmo, mas são tantas camadas e mudanças que me sinto ainda redescobrindo muita coisa, saindo de um armário novo a cada dia. Serei eu um velho só ou acompanhado? De cabelo pintado ou natural? Fashion ou adepto do conforto? Do boteco ou de casa? Serei todos esses dependendo do dia? Com botox ou harmonização facial? 

Envelhecer é para as fortes. Curtir cada idade é uma intenção. Não sentir dor nas costas é um desafio. Se recuperar de uma ressaca é um tiro. Sou ainda atraente? 

Só hoje já me senti novo, menos velho, contemporâneo. Tomei remédio para dor nas costas, para dormir, um floral para o estresse, depois um exercício para o conservar o corpo, para ter uma dose de endorfina. Sinto algumas dores pós exercício, será que tomo um relaxante muscular ou um suco verde e basta? Seguimos com a esperança de perder um pouco da barriga pandêmica. Sou ainda sexy e interessante?

Tomo um drink porque mereço, um suspiro. Ligo a TV, quero sair, cedo porque senão dá preguiça. Tô velho demais pra esse bar aqui, novo demais para esse outro! 

Suspiro, fecho olho, quem é esse aí no espelho? De repente são mais de 30!

Mas só hoje, não me sinto tão velho. Porém, me dói o pescoço. Melhor não comer pizza essa hora, vai dar uma azia…

Sigamos, vivos, mais velhos. 

Life after the 30s is a hill and you’re a bike with worn brakes. I don’t remember how I got here, getting closer and closer to 40, with back pain and a physical appearance that I’m still trying to get used to. Slower metabolism, compromised digestion. Collagen leaving the building.

In the middle of this path, there was or still is a pandemic. The pace slows down, the head snaps, the tummy gets bigger, the few plans fall apart, other opportunities arise… The travels stop and the reflections increase. Time for you, the mirror.

I’m sorry if you think ageing is awesome, I think it’s very mature on your part. But honestly, I think getting older sucks. Most likely I inherited this dread of ageing from the women in my life. Mother and sister! But also, I think growing old in the LGBTQ+ community is not easy. A big part of our LGBTQ+ culture is very connected to aesthetics and beauty ideals, we are thousand tribes in one. Daddy, twinks, bears, leather, etc. We are against the current redefining new standards or breaking all standards. Where do LGBTQ+ senior sages go? Mystery! These are still unexplored routes.

Every year that passes I feel older. What I see as positive is understanding yourself, but there are so many layers and changes that I still feel like rediscovering, coming out of a new closet every day. Will I be an old man alone or accompanied? Colored or natural hair? Fashion or comfort? From the pub or from home? Will I be all these depending on the day? With botox or facial pairing?

Aging is for the strong. Enjoying each age is an intention. Not feeling back pain is a challenge. Recovering from a hangover is painful. Am I still attractive?

Only today I felt new, less old, contemporary. I took medicine for back pain, to sleep, a Bach floral for stress, then an exercise to keep the body in shape, to get a dose of endorphin. I feel some pain after exercise, do I take a muscle relaxant or a green juice and that’s it? We continue with the hope of losing some of the pandemic belly. Am I still sexy and interesting?

I’ll have a drink, I deserve it, (sigh). I turn on the TV, I want to go out, early, ‘cause otherwise I get lazy. “I’m too old for that bar, maybe too young for this one!”

Sigh, close my eyes, who is that in the mirror? Suddenly, I’m beyond my 30s!

But just today, I don’t feel so old. However, my neck hurts. Better not eat pizza at this time, it will give you heartburn…

Let’s go on, alive, older.

1 comment

  1. Você continua lindo 😊 e não parece ter 30… que venham mais trinta como esses!

    Não desista de uma atividade física constate junto com uma boa alimentação (falou uma chocólatra experiente).

    E relaxe, pois eu já cortei a melancia, o pepino, o leite de vaca e recentemente a pizza… alimentos pesados demais no jantar 😊

    Vamos nessa e viva 2022!

    Beijos, Lu

    Galerie Lu Monin | http://www.galerielumonin.com

    Espace d’art Lu Monin

    Avenue C.-F. Ramuz 81, 1009 Pully, Suisse

    T. 076 / 344 97 63

    Pensez à l’environnement avant d’imprimer. Think about the environment before printing.

    De : Miranda says. Envoyé : dimanche, 13 mars 2022 16:10 À : luciana.monin@gmail.com Objet : [New post] I’m old(er) – Estou(+)velho

    Miranda says. posted: ” Depois dos 30 a vida é uma ladeira e você um bicicleta com freio gasto. Não lembro mais como cheguei aqui, cada vez mais perto dos 40, com dores nas costas e uma aparência física que ainda tento me acostumar. O metabolismo mais lento, a diges”

    Like

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out /  Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out /  Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out /  Change )

Connecting to %s

%d bloggers like this: